A arte de distrair uma criança para engolir comida.

Estive em NY semana retrasada e, numa das livrarias que entrei, observei como a seção dedicada aos alimentos infantis se resume a livros para entreter a criança enquanto ela come.

Sobram "placemats" lindos e "educativos". Ou ainda outros exemplares de "eat and play". 

Acredito que ler durante as refeições é como ver TV, falar ao telefone ou brincar no notebook. Tira completamente o foco da criança sobre o que interessa: os sabores, os aromas, as texturas, o gosto, enfim, faz o ato de comer um momento de engolir comida, sem noção de saciedade, o que contribui absurdamente com a obesidade. Um dos maiores problemas da população americana. Ou  por que será que a Michelle Obama está promovendo a horta na Casa Branca?

A direção de arte dessas distrações na mesa é bem caprichada. Mas eu sou contra mesmo assim.

Foto-3
Foto-1
Foto-5

Anúncios