TC Boucherie. Comida de verdade no Rio.

O Natal foi no Rio, a ceia no Porcão. Yes, please.

No dia 26, o dia mais quente na cidade desde 1915, fomos almoçar no TC Boucherie. Chegamos tarde e para não esperar sentamos na varanda. Melhor assim, a Júlia não iria sentir frio com o ar-condicionado. 

Depois de uma sucessão de pratos maravilhosos, o pai da Júlia confessou que comer aquilo valeria qualquer calor do mundo. Considerem isso um elogio fantástico de um japonês mal-humorado com as altas temperaturas. Um cara que cozinha tremendamente bem, mas jamais seria cozinheiro porque não suporta o calor dos fogões.

Pedimos: peixe, carne vermelha e os acompanhamentos que são servidos em forma de rodízio. O lugar é acolhedor, principalmente na parte de dentro. E em todos os detalhes dá para perceber que por trás daquilo tem alguém que nasceu comendo bem. Enfim, é a família Troisgros, que na França é estrelada desde antigamente. Agora, queremos conhecer os outros restaurantes da família. Na França e no Rio, claro.

Foto-1
Foto-2
Foto-3
Foto-4

 

Anúncios