Quais memórias queremos que acompanhem nossos pequenos?

Um texto lindo sobre comida, família e memórias da infância escrito por um chef de quase oitenta anos que fazia parte do círculo da Julia Child: o Jacques Pépin. Saiu no NY Times . Se não entende inglês, não tem problema, use o Google Translate. Vale a pena. Veja aqui. É um texto saboroso e inspirador. Olha só este trechinho de aperitivo…

A maioria das pessoas pode viver muito bem com 20 ou 30 receitas e, de fato, todas tradições familiares e rituais podem ser expressos por meio dessas receitas. Para a maioria das pessoas, os pratos que importam são os pratos que foram preparados com amor, pratos que fazem parte da estrutura de uma família, transmitidos de uma avó, mãe, esposa, tia, tio ou primo. Esses pratos permanecem muito mais incorporados em nossa memória do gosto do que as receitas e pratos de grandes restaurantes, até mesmo para um cozinheiro profissional como eu.

09MEMPORIES1-master675.jpg

Anúncios